O tempo que se leva

relógio_tempo_clock

Foto: Juliana Helpe

 

Num piscar de olhos os ponteiros do relógio giraram. Um minuto, uma hora, um dia, um mês, um ano, uma década. A sensação de estar desperdiçando tempo traz uma certa angústia no peito. Por não saber aonde chegar. Por não estar onde se deseja.

Neste momento poderia estar lutando pela paz mundial ou apenas levando uma vida simples na praia. Ao invés disso, vamos cumprindo obrigações, meio a contragosto. Correndo, correndo… Mas para qual direção?

Aquele tempo tão precioso se arrasta, escorre, passa. O que mesmo eu estou fazendo com ele? Enquanto não sei, fica por aqui e perde tempo comigo. Quem sabe a gente descobre que essa seja a melhor maneira de aproveitá-lo.

 

Por Juliana Helpe
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s